Home
 
AROUCA VENCE PRÉMIO GEOCONSERVAÇÃO 2017, COM PROJETO DE GEOTURISMO ATIVO PDF Imprimir e-mail

Image

Será entregue amanhã, sábado, dia 22 de abril, às 11:00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Prémio Geoconservação 2017 ao Município de Arouca. O prémio reconhece o projeto de Geoturismo Ativo, e foi atribuído por um júri que envolve entidades nacionais e estrangeiras ligadas ao património natural. Dia 22 de abril comemora-se o Dia Mundial da Terra e assinala-se o 8.º aniversário da adesão do Arouca Geopark às redes europeia e global de geoparks (hoje, Geoparks Mundiais da UNESCO).

Este prémio é uma iniciativa da ProGEO Portugal – Associação Portuguesa para a Conservação do Património Geológico, que para o júri do prémio convidou também elementos da Associação Portuguesa de Geólogos, do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, da National Geographic Portugal e da tutela europeia da ProGEO.

Em apreço estiveram candidaturas de oito municípios, mas o júri distinguiu o vencedor por «todo o trabalho desenvolvido no âmbito do Arouca Geopark, nomeadamente com os projetos Rota dos Geossítios e Passadiços do Paiva».

Sendo esta a segunda vez que Arouca recebe o Prémio Geoconservação, já antes conquistado em 2008, a vice-presidente da Câmara Municipal encara a presente distinção como uma boa forma de celebrar o Dia Mundial da Terra, assinalado este sábado.

«Estamos particularmente satisfeitos com este prémio, essencialmente por duas razões. Uma, prende-se com o facto de o recebermos pela segunda vez, no Dia Mundial da Terra e numa altura em que comemoramos o 8.º aniversário da entrada do Arouca Geopark nas redes europeia e global de geoparks (hoje, Geoparks Mundiais da UNESCO). Outra, pelo facto de assinalar, de forma muito positiva, o nosso trabalho em prol do desenvolvimento sustentável, com base na geoconservação, na geoeducação e no geoturismo», referiu Margarida Belém, vice-presidente da Câmara Municipal de Arouca.

Além da candidatura do município de Arouca, também foram analisadas as propostas dos concelhos de Lousada, Nisa, Penacova, Ponte da Barca, Ribeira Grande, Sintra e da Associação de Municípios do Parque das Serra do Porto (que abrange Gondomar, Paredes e Valongo).

A ProGEO Portugal revela que, na sua avaliação, «foram privilegiadas as candidaturas que refletem um trabalho já concretizado, centrado nos geossítios propriamente ditos e demonstrando um claro empenho de disponibilização de recursos das autarquias na defesa do património geológico».

 
 
 
Regeneração Urbana
 
Agenda de Eventos
 
 
Candidaturas Abertas

 
Portal SIGA

 
Portal do Cidadão Surdo

 
Inquérito online
 
 
 
© Câmara Municipal de Arouca | Desenvolvido por [+|-] Energica