Home
 
MUSICAR - I FESTIVAL DE MÚSICA DE AROUCA PDF Imprimir e-mail

Mosteiro de Arouca será o cenário para seis concertos, de 16 de Junho a 6 de Julho

 Image

De 16 de Junho a 6 de Julho, Arouca vai musicar o espaço do seu Mosteiro. O Musicar, I Festival de Música de Arouca, abre com um concerto/conferência pelo Maestro António Victorino d’Almeida, e contará ainda com a presença de Mário Laginha e de outros músicos de renome, com raízes familiares em Arouca, como a violinista Alexandra Mendes, a soprano Cláudia Pereira Pinto e o pianista Ângelo Martingo. As portas do Cadeiral do Mosteiro de Arouca abrem-se nos fins-de-semana de 16 de Junho a 6 de Julho, sempre às 21:30, para a primeira edição de um Festival que, certamente, primará pela qualidade. A Direcção Artística do Festival está a cargo de António Costa.

MusicAr

Mensagem de Abertura

No espaço que melhor caracteriza a identidade arouquense (o Mosteiro) e na sala mais bonita e mais musical que aí encontramos (o Cadeiral) propomos, aos arouquenses e aos que aqui quiserem vir descobrir um património natural, histórico e cultural raríssimo, um ciclo de seis concertos que dão corpo ao nosso primeiro Festival de Música. Chamámos a este Festival «MusicAr». Sobretudo pelo carácter dinâmico que queremos que, a partir de agora, ele possa ganhar. Musicar o espaço do Mosteiro onde a música sempre teve um papel preponderante, como o prova a arquitectura do espaço, com o majestoso órgão de tubos, que, muito em breve, voltará a poder ser ouvido, tal e qual como foi construído. Mas também porque este Festival compõe o seu cartaz com vários nomes que têm ligações familiares a Arouca. Mário Laginha e o maestro António Victorino d’Almeida têm as honras devidas ao seu prestígio musical, e, de alguma forma, apadrinham este arranque. Damos as boas vindas a todos quantos vieram descobrir Arouca e ajudar-nos a «MusicAr» estes dias. Voltem sempre.

José Artur Neves (Presidente da Câmara Municipal)

Image

O abraço que faltava...

Ao avistar Arouca sente-se o aconchego de um caloroso abraço.....um abraço multifacetado que emana do esplendor da Serra da Freita, da imponência do Mosteiro Rainha Santa Mafalda, da protecção divina da Srª da Mó, da riqueza gastronómica e dos segredos da doçaria conventual, da magia do Cancioneiro, da simplicidade e sabedoria dos pastores ao cuidar dos seus rebanhos, da simpatia contagiante dos arouquenses ... Enfim, um abraço que exalta a beleza de um vale onde a natureza nos convida à emoção de uma sinfonia de cores, aromas e sabores ...
Terra de tantos encantos, Arouca  tem perpetuado, ao longo de várias gerações, o seu vasto património cultural.
Nesta perspectiva, pretende este I Festival de Música de Arouca, inspirado numa linguagem estética diversificada, ir de encontro ao gosto e sensibilidade de todos os amantes desta sublime arte que, como afirmou Ludwig Van Beethoven, “é capaz de reproduzir em sua forma real, a dor que dilacera a alma e o sorriso que inebria”.
O MusicAR quer afirmar-se como mais um contributo para transformar Arouca num verdadeiro polo de atracção cultural, envolvendo cada mais visitantes num abraço de verdadeira fraternidade, que enquadre um vasto leque de contrastes culturais, com música dos períodos Barroco, Clássico, Romântico e Contemporâneo, música esta que exalta o insaciável poder criador do ser humano.
Arouca já merecia um Festival de Música .... Este é o abraço que faltava...

António Costa (Director Artístico )

Consulte aqui o Programa do MusicAr

Image
(Cadeiral do Mosteiro de Arouca)

 
 
 

 
Concurso “CI3 Startup”

 
Regeneração Urbana
 
Agenda de Eventos
 
 
Candidaturas Abertas

 
Portal SIGA

 
Portal do Cidadão Surdo

 
Inquérito online
 
 
 
© Câmara Municipal de Arouca | Desenvolvido por [+|-] Energica