Home
 
ALTERAÇÕES AO PR1 - «CAMINHOS DO MONTEMURO» PDF Imprimir e-mail

 Image

Após a implantação do parque eólico na Serra do Montemuro, têm surgido alguns estradões que dificultam a orientação em alguns pontos do trilho. Para minimizar este problema até à rectificação das marcações, chama-se a atenção a todos os pedestrianistas que pretendem fazer este percurso para algumas alterações. 

Quando chega ao planalto de S. Pedro do Campo, consegue avistar uma extensa encosta até ao parque eólico. Neste ponto pode optar por duas situações: envereda à esquerda por um caminho mal definido no início, em direcção à cumeada do parque, mais especificamente até ao ponto mais alto do Concelho, Marco Geodésico da “Pedra Posta”. Este caminho é alternativo ao percurso indicado no folheto.

Image
(Primeira opção de trajecto alternativo)

Numa segunda opção e se pretende seguir o trilho recomendado no folheto, siga em frente (para Norte) na estrada de terra batida feita para construção do parque eólico, numa extensão de cerca de 1200 metros. Vai encontrar um cruzamento onde deve tomar o caminho da esquerda em direcção ao ponto mais alto da serra ou, mais abaixo cerca de 70 metros, segue à esquerda pelo trilho com alguma vegetação e de subida menos acentuada.

Image
(Segunda opção de trajecto alternativo)

Aconselha-se o pedestrianista a não seguir os estradões muito afastados do parque eólico, pois este local faz fronteira com o Concelho de Cinfães e facilmente podem percorrer quilómetros fora do âmbito do PR1.

Devido às más condições do trilho entre o Marco Geodésico e a aldeia da Noninha, não aconselhamos, temporariamente, a fazer esta parte do percurso. Podem fazê-lo de forma linear ou optar pela estrada em asfalto.


Para mais informações, clique aqui
 
 
 

 
Concurso “CI3 Startup”

 
Regeneração Urbana
 
Agenda de Eventos
 
 
Candidaturas Abertas

 
Portal SIGA

 
Portal do Cidadão Surdo

 
Inquérito online
 
 
 
© Câmara Municipal de Arouca | Desenvolvido por [+|-] Energica